terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Garimpando Arte 8!!!

Cof... Cof... Cof...
Quanta teia de aranha na porta da caverna do ermitão!!! rsrsrs
Onde estava eu??!! Garimpando, claro!!!! rsrsrsrsrs

Olá pessoal!!!
Eu sempre falo aqui dos livrinhos de final de ano né? Pois bem, este ano não foi diferente!!! hahahaha
Pelo 10º ano consecutivo, fiz os livrinhos das minhas crianças da Alfa do CGL - Colégio Gonçalves Lêdo, e convites também, tudo com o tema Natal, escolhido pela coordenação do colégio.

Taí, este foi o livrinho!!!






















Então gente? Ficou legal o trabalho?!
Se quiserem contratar a Zetha Estúdio para 2012, é só falar que estaremos lá!
Semana que vem tem mais garimpando arte por aqui!

Valeu demais, beijo grande no coração de todos e fiquem com Deus!

Beto Ribeiro

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Último ato!!!


Último ato!

Somos todos iguais
nesta terra de nós mesmos...
Pegar-nos a sos e sois em amanhecer, como,
órgãos de nada, órfãos de tudo...

Abrigar então,
nossos viveres ao ataque do avesso dos sonhos...

Realidade...

Proteger é nossa maior incumbência,
pois, eternos protetores de nós por nós, somos...
Temos de ser, e sê-lo sempre,
algozes e ferozes defensores do nosso eu.

Nossa sombra é aterrada,
quando o suposto nada nos abate,
e assim, nos damos conta
que  o teatro acabou.

Voltamos a origem do ser,
tentamos nos manter firmes no palco da vida,
é quando, no primeiro tremor nos deixamos abalar,
e ao suceder de abalos, nos percebemos vivos ainda...

É mesmo o último ato.

Procuramos no nada, o último facho do abrigo,
e encontramos o vazio além da imensidão do cintilar do firmamento...

No entanto...
Presenciamos o mais belo de todos os ato teatrais...
A eternidade do ser!

Aceitar a troca de palco, nos debatemos...

Treinamentos nos são ministrados,
em ensaios exaustivos,
pela gentileza do firmamento.

Santo eterno firmador!

Aceitamos, pois,
acertamos o passo nas marcações
pre-protegidas e determinadas,
em eternamente dançarmos
aos mais belos sons, tons e luzes
de amor e fé,

Novo palco é montado, nova temporada marcada,
nova vida estampada, e chances concedidas.

Estamos vivos de novo, e sem medo de errar,
nos colocamos a dançar e suavemente,
nos embalar por entre a notas da nova vida.

Encarnação!!!


Beijo grande no coração de todos, fiquem com Deus!

Beto Ribeiro.


quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Garimpando Arte 7!!!

Olá pessoal!!!

Aê... Não sou o nenhum banco, mas, realmente preciso de 30 horas, ou de mais um dia na semana!!! Karaka!!!!
A masmorra da Zetha Estúdio tá com o ferrolho da porta enferrujado, e não abre fácil!!!rsrsrs
Que bom que esteja assim!! kkkk
E qual o resultado disto tudo?! Trabalho, muito trabalho!!!

E como o dia não tem 30 horas, e a semana não tem mais um dia, perdi o dia de ontem para colocar o post - teça-feira - e então coloco hoje que é feriado, e supostamente tenho um tempinho a mais. rsrsrs

Esta semana que passou, estava desenvolvendo um estudo completo em programação visual para uma clínica, e o resultado da primeira parte do projeto vou mostrar aqui. Tem muito mais coisas a serem mostradas, e prometo que ao longo do trabalho, venho aqui e publico cada peça desenvolvida.
Então vamos lá...

Estúdio Atalaia .. Logomarca

Desenvolvi duas marcas, e o cliente pediu revisão e então desenvolvi uma terceira, prontamente aprovada e posteriormente empregada em todas as outras criações feitas pela Zetha Estúdio.

Logomarca 1 ..

Logomarca 2 ..


Logomarca 3 ..  Aprovada.


Então, depois de definida a marca, comecei o trabalho de desenvolvimento das peças, surgindo daí um Cartão Fidelidade, Banner, e flyer...

Cartão Fidelidade ..


Banner ..


Flyer ...

frente


verso

E a pauleira da semana continua galera!!!! rsrsr
Espero que tenham gostado, e na semana que vem aguardem, tem mais!!!! Ah! Comentem!!! rsrsrs

Um grande beijo no coração de todos e fiquem com Deus!

Beto Ribeiro.

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Garimpando Arte 6!!!

Olá pessoal!!!!
E a agitação do final de ano chegou!!!! Karaka!!! rs

Então, vou começar postar aqui as minhas garimpadas costumeira. Beleza?! rs
São dois projetos gráficos desenvolvidos, um para uma clinica de fisioterapia e outro para uma clínica de estética e beleza.

Há três semanas mais ou menos, a Zetha Estúdio foi convidada à desenvolver uma identidade visual para uma clínica especializada em fisioterapia, Clínica Vitória, aqui em São Gonçalo mesmo (RJ), e o interessante deste trabalho é que nada existia!!! Explico (rsrsrs)...
Somente a marca existia, e a Zetha Estúdio desenvolveu um projeto gráfico, a partir marca. 
Vou postar aqui a reformulação da marca, depois vem as outras peças!!! rsrsrs

.. Clínica Vitória ..
.. "Saúde é coisa séria, e é o sério que nos faz sorrir." ..


A Pele & Cia, não é propriamente um cliente novo, a marca foi criada pela Zetha Estúdio, e estamos agora dando continuidade a um trabalho já desenvolvido anteriormente.
Nesta etapa foi desenvolvido Folder, Banner e Flyer. Veja lá!!!!

Folder - frente

Folder - verso


Banner


Flyer - frente

Flyer - verso


Então pessoal, garimpar arte é a minha vida, ou melhor uma das...
Espero que tenham gostado dos trabalhos, e se precisarem de um "ermitão" artista, estarei ao inteiro dispor.

Beijo grande no coração de todos, e fiquem na paz de Deus!

Beto Ribeiro

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Vamos...

Sonhar...


Nova [H]era...

Rumar em louca caminhada a procura do novo...

Velho novo destino a deixar-te
planar aos ventos como a "Icarizar"...
E eu, mero espectador a desejar
os seus carinhos, espero sozinho,
queimo à sombra, como assombrado
pelo labirinto destino de um só.

Toda a mitologia seria pouco
para descrever os sentimentos
de amar a um ser intocável, que se forma
em paisagens distantes aos meus olhos errantes,
que fundos estão de insônias constantes,
por sonhar acordado com
suas visões de pecado.

Permita-se senhora dos ventos,
tornar-se mortal e cair nas vidas
terrenas como um anjo, em
momento de constante vai e vem,
em tormentas flutuantes por corações
sofridos em calmarias, e
torturados por não encontrarem
sua outra parte nagevável.

Apenas mande uma brisa mansa
para secar a angústia que me consome
por noites e dias, com uma saudade que não cessa,
mesmo ao ouvir o seu canto a "sereiar"
em meus ouvidos, dizendo ao longe,
até logo...

..................................................

Imagem original: www.google.com.br
Imagem final: Ermitão do Giz
.................................................

Grande beijo no coração de todos e fiquem com Deus!!!

Beto Ribeiro.

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Cosme e Damião. Salve os santos!!!

Salve São Cosme e São Damião!!!!



Olá pessoal!!!
Sou criança... mas, quem não é? rsrsrs
Hoje é dia 27 de setembro, e para os Cristãos Católicos, Espiritualistas, Umbandistas e outros diversos tantos seguimentos religiosos que o nosso país acolhe, é o dia de São Cosme e São Damião, e como sou um eclético espiritualista, jamais deixaria de saudar, e comemorar este dia tão especial.
Aos que acreditam, sejam muito bem atendidos por suas graças, e aos que não acreditam, saibam um pouco da história deles. Vamos saber então?

............................................................................................


Cosme e Damião eram irmãos gêmeos e cristãos.
Na verdade, não se sabe exatamente se eles eram gêmeos. Mas nasceram na Arábia e viveram na Ásia Menor, Oriente. Desde muito jovens, ambos manifestaram um enorme talento para a medicina.
Estudaram e diplomaram-se na Síria, exercendo a profissão de médico com muita competência e dignidade. Não aceitavam receber um centavo pelo serviço prestado. Os irmãos aproveitavam também para divulgar a fé cristã entre aqueles que se recuperavam das doenças.

Inspirados pelo Espírito Santo, usavam a fé aliada aos conhecimentos científicos. Com isso, seus tratamentos e curas a doentes, muitas vezes à beira da morte, eram vistos como verdadeiros milagres. A riqueza que mais os atraía era fazer de sua arte médica também o seu apostolado para a conversão dos pagãos, o que, a cada dia, conseguiam mais e mais.
Isso despertou a ira do imperador Diocleciano, implacável perseguidor do povo cristão. As perseguições do Imperador Diocleciano, porém, não demoraram a frear a ação benéfica destes “médicos do amor”.

Na Ásia Menor, o governador deu ordens imediatas para que os dois médicos cristãos fossem presos, acusados de feitiçaria e de usarem meios diabólicos em suas curas.
Foram forçados a negar sua fé. Mandou que fossem barbaramente torturados por negarem-se a aceitar os deuses pagãos. Condenados à morte, resistiram milagrosamente a pedradas e flechadas. Em seguida, foram decapitados. O ano não pode ser confirmado, mas com certeza foi no século IV.

Os fatos ocorreram em Ciro, cidade vizinha a Antioquia, Síria, onde foram sepultados. Mais tarde, seus corpos foram trasladados para uma igreja dedicada a eles. Quando o imperador Justiniano, por volta do ano 530, ficou gravemente enfermo, deu ordens para que se construísse, em Constantinopla, uma grandiosa igreja em honra dos seus protetores.
Mas a fama dos dois correu rápida no Ocidente também, a partir de Roma, com a basílica dedicada a eles, construída, a pedido do papa Félix IV, entre 526 e 530. Tal solenidade ocorreu num dia 27 de setembro; assim, passaram a ser festejados nesta data. Inúmeros milagres se deram na sepultura deles.

Os nomes de são Cosme e são Damião, entretanto, são pronunciados infinitas vezes, todos os dias, no mundo inteiro, porque, a partir do século VI, eles foram incluídos no cânone da missa, fechando o elenco dos mártires citados.

Os santos Cosme e Damião são venerados como padroeiros dos médicos, dos farmacêuticos e das faculdades de medicina. Na festa, é costume distribuir balas e doces para as crianças.

Salve as crianças, salve Ibejada, salve São Cosme e São Damião!!!

Texto: www.wikipédia.com .. Imagem original: www.google.com.br .. Imagem final: Ermitão do Giz.

............................................................................................

Um grande dia com muitos doces!!!!

Um grande beijo no coração de todos, e fiquem com Deus!

Beto Ribeiro.

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Minhas notas, meus sonhos...

"Minh'alma de sonhar-te anda perdida..."
                                                                                                                  Florbela Espanca

Olá pessoal!!!
Se felicidade tivesse nome, seria o meu, Beto. kkkkkkkkk
Esta semana coloquei alguns dos meus sonetos e poesias, nas notas do Face Book, e pra minha surpresa, muitos comentários e carinhos. Legal demais isso!!!
Fiquei tão feliz, que deu vontade de dividir com o mundo esta tal felicidade. rsrsrs
Então, vamos nessa, embarquem nos meus sonhos!!! rsrsrsrs
.......................................................................................................


Mosaico II

Naquele pano de pura estampa
montei o seu mosaico tal criança,
e já passaram milhares de dias...
Por que então, ainda te guardo na lembrança?

Mil tempos é uma herança,
de dormir e acordar... quanta andança,
de rir e brincar em sua trança,
em ter em mim, a forma-esperança...

Mas, que sentido me faz vibrar,
em todo tempo poder lembrar,
que você é a musa... e está solta no ar,

que sem querer, nem conceber,
por que me faz ainda crer,
que meu mosaico vai ser sempre você?

.......................................................................................................


Perda...

Minha caminhada cansada e amarelada,
me faz olhar as novas pegadas,
molhadas... fincadas por mim nas estradas... 
perdidas de ti, em minhas madrugadas...

Mergulhei então em mim, a procurar o caminho,
para encontrar o fio que perdi, talvez sozinho,
por charcos melados de angústia, por ferir seu carinho,
e relatei então baixinho ao meu querer, o perder do ninho...

Abatido de corpo...  corroído em gemido...
não senti de sua mão, nem de longe proteção.
De um abraço, de um amor... ou de um irmão...

Sangrei chão, chorei, implorei perdão...
e a tal compaixão... que de você foi só a ilusão,
ao pedido reprimido, do amor perdido... em alguma estação...

.......................................................................................................


Felicidade...

Ei... pode entrar, a porta continua aberta,
estreita talvez, mas entreaberta sim,
a procurar um motivo, e poder abrir enfim,
a esperar o insano tempo passar, para aberta continuar...

Enredo de ontem, mostra entrada com flores ao teto,
apenas flores verdes, de formato único, reto...
de talos fortes e bases rudes, sem perfume, ou queixume,
subindo em linha... como vinha, mas sem vida... sem lida...

Estampa casa, uma cor amarelada, sem tempo ou vento,
que desnude a mesa da sala, e tire a quem nunca fala
frase completa ou incerta, de canto ou de festa,
porém, frase que quando não vem, a vida detesta...

Espero a ti que nem nome sei,
em sofreguidão tensa, que por horas me deixei,
em labirintos nômades que posicionei,
de comum acordo, que a esperar a ti fiquei...

Mas, se nem nome tem... como pode ser alguém?
Sem passado nem futuro... como posso estar seguro?

Não conta tempo, nem salta vento, nem sente saudade,
nem muito menos tem idade...

Então... quem seria de verdade?
Ah! Bem que poderia ser, a senhora felicidade...

................................................................................................

Espero que tenham gostado.

Um grande beijo no coração e fiquem com Deus!

Beto Ribeiro.

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Pensar...

Pensar é coisa séria...



“Somos o que pensamos. Tudo o que somos surge com nossos pensamentos. Com nossos pensamentos, fazemos o nosso mundo.”
.. Buda ..

Olá pessoal!!!
Existe motivos melhor para se manter o alto-astral, do que esta frase milenar? Acho que não deveria, né?
Mas... existem coisas ainda desconhecidas por muitos, que podem causar danos maiores, por conta de um certo baixo-astral. São as formas-pensamentos, que podem ser altamente corrosivas à nossa saúde fisica e mental, produzindo enfermidades na alma, e que quase sempre nos deixa marcas no corpo físico.
Pouco ouvimos falar em forma-pensamento, larvas astrais, miasmas, e outras coisas do tipo, em se tratando da nossa parte física, porém, como tudo começa no espírito, como podem afirmar os mais diversos consultório de psicologia do nosso país, trouxe então, neste post, um pouco dessa coisa de pensar.
Vamos lá? Espero que gostem e aprofundem a pesquisa, por melhores pensamentos. É isso...

........................................

Formas-Pensamento ...

São criações mentais modeladas em matéria fluídica ou matéria astral. Podem ser criadas por encarnados ou desencarnados com características boas ou ruins, positivas ou negativas.
São resultado da ação da mente, sobre as energias mais sutis que estão a nossa volta. As energias que nos rodeiam são altamente plásticas e sensíveis a ação das ondas mentais.

Quando pensamos, as vibrações dos pensamentos atuam sobre as energias condensando ou dispersando-as, dando-lhes formas, cores, brilhos que correspondem a natureza do que pensamos. 
Se um pensamento é passageiro muitas vezes nem chega a criar nada, ou se cria, a forma se esvai por falta de alimentação energética.

Mas se o pensamento é repetitivo, uma forma pensamento é alimentada, ficando cada vez mais forte. Se ela for positiva, sadia, elevada ela só se alimentará de pensamentos da mesma vibração positiva do seu criador ao mesmo tempo que alimentará os fluídos agregados, por sintonia de outras mentes e formas pensamentos do mesmo teor.

No entanto se for uma forma-pensamento negativa, densa, doentia, ela também se alimentará dos pensamentos do seu criador e por sintonias agregadas de outras mentes doentias.

O importante observar que as formas-pensamento podem ser “incorporadas” por médiuns, como se fossem espíritos. A diferença é que, como não são consciências, não tem mente, ou seja, não são individualidades, não são capazes de se comunicar de forma lógica, mas podem ser acopladas aos médiuns, à sua aura e ao seu perispírito para drenagem de energias. 

.............................................................

Larvas Astrais e Vibriões Psíquicos ...

Vibrião é a designação comum às bactérias móveis em forma de bastonetes.

Larva vem do latim larvae e significa máscara, boneco, demônio, espectro que se apodera das pessoas. Os antigos romanos chamavam as aparições de pessoas mortas que tiveram morte violenta.

Já em Zoologia, representa o estágio imaturo, pós-embrionário de um animal, quando este difere sensivelmente do adulto, como os insetos por exemplo, pois neste estágio o animal estaria “mascarado”, disfarçado.
No caso, as Larvas e Vibriões astrais são semelhantes aos físicos, criados por vícios mentais e emocionais da consciência.
Atitudes, pensamentos e pensamentos desequilibrados, são os geradores. 

..............................................................

Obs.:
ANDRÉ LUIZ, no capítulo 3, Livro Missionários da Luz, ao examinar mais de perto alguns candidatos ao desenvolvimento mediúnico:

“Fiquei estupefato. As glândulas geradoras emitiam fraquíssimas luminosidade, que parecia abafada por aluviões de corpúsculos negros. Começavam a movimentação sobre a bexiga vibravam ao longo do cordão espermático, formando colônias compactas nas vesículas seminais, na próstata, nas massas moncosas uretrais invadiam os canais seminíferos e lutavam com as células sexuais, aniquilando-as.
Estava assombrado .... Seriam expressões mal conhecidas da SÍFILIS?

..............................................................


Pesquisa:
Leituras para entender melhor o assunto:
FORMAS PENSAMENTOS – Editora Pensamento – Anie Besant e C.W Leadbeater.

........................................

Espero que tenham gostado. E a partir de hoje, mudemos o pensamento e o astral, para estarmos sempre longe de coisas que pouco ainda conhecemos.
Voltarei em breve com este tema, explicando como estas formas-pensamento e miasmas, interferem diretamente no nosso dia-a-dia. 

Grande beijo no coração de todos e fiquem com Deus!

Beto Ribeiro.

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Vamos voar?!

Voe... bem alto!!!!


Voar

Nada poderia descrever o que aquela gota de suor significava
ao cair no centro de uma poça imensa,
em sentar na calçada de uma vida lembrando do que passou.

Era somente a beira do seu caminho,
e um leve descansar do estar só,
remanescente de um andar incansável
a procura do encher os pulmões
e a vida de ar feliz.

Sei bem que à beira da estrada, não tem calçadas,
mas tem você a esperar em um lugar qualquer,
a sorrir felicidade, a olhar a alegria de saber que
lá está o fim e o começo de uma vida,

o encontro se daria, do corpo com a alma,
do éter com a palma,
e aquela gota faria sentido pleno,
de glórias e percalços na exigência
do corpo pedir para parar.

Vá ao encontro do amor,
ele te achou, não precisas mais correr,
descansar pra quê?

Caminhar é a ordem do seu coração,
ser feliz é a súplica do seu viver,
então que seja assim, ande rápido
a tal ponto, que te faça alçar voo
e ver do alto quão imenso é o seu caminho.
.......................................................................................................................


Voe I

Que lindo é ver o seu voar alto...
em liberdade plena,
com verdades do fundo d'alma.

Sorrir por nada e por tudo,
simplesmente sorrir...
e o gracejar já é uma "graça"
alcançada a duros passos.

Se te acreditar
é o mais importante
então... a importância é somente sua.

Linda menina gaivota, voe...
voe... vá bem alto,
e com o seus ohos de sonho,
reserve um minuto
para me olhar.
.......................................................................................................................


Voe II


Voe capelo,
faça morada nos ares infinitos,
transforme nuvem em véu azul,
alie sua forma serena à liberdade,

pássaro lindo, cativas meus pensamentos,
como suas asas rabisque novos rumos,
a esculpir seu sorriso em diversos movimentos,
nas finas brumas transformadas em papel.

romanceie com meu eu,
em manhãs e tardes ensolaradas,
e um eterno planar noturno,

Aumente suas asas,  voe livre, me digas a sorrir.
Ah! Bendita felicidade imortal, sonho muito sua presença.
Ei... você é um ser real? E eu...
.......................................................................................................................


Voe III

E ele voou... Capelo se foi...
em ventanias tão distantes,
e ouvir o bater de suas asas,
se tornaria apenas sonho delirante.

Do alto me via e dizia em brado
que pousar em meu estrado
não seria, pois, lhe permitido,
que em minha vida tudo era comprometido

fez-me chorar de amor feliz,
e dizer-lhe de longe, em aceno,
que eras a gaiovota imperatriz,

dona dos meus belos versos e ventos,
e que deixou em coração, profundo lamento...
ao passar em voo solo... talvez em sofrimento.
.......................................................................................................................

Fernão Capelo Gaivota é um romance de Richard Bach, publicado em 1970. Publicado originalmente nos Estados Unidos com o título de "Jonathan Livingston Seagull — a story", foi lançado neste mesmo ano no Brasil como "A História de Fernão Capelo Gaivota" pela editora Nórdica. Vale conferir!!
.......................................................................................................................

Olá pessoal!!

E o Fernão Capelo Gaiovota nos inspira em qualquer idade, não é mesmo?
Apresentei aqui, uma sequência de poesia e sonetos, inspirados em uma linda gaivota que nos dá asas em qualquer tempo, em qualquer vento, para voar rumo a felicidade.

Um beijo grande no coração de todos e que a poesia da vida seja sempre maior e nos deixe mais vivos.

Beto Ribeiro.