terça-feira, 13 de julho de 2010

Continentes Perdidos, Atlântida e Lemúria.

Olá pessoal!!

Atendendo a uma solicitação de um comentário em um dos posts que coloquei, falando sobre raças precursoras dos atuais humanos, vou então escrever hoje sobre coisa antiga, mas muiiiito antiga mesmo, isso não quer dizer que eu seja velho, hein? Diga-se apenas, um pouquinho experiente. hehehehe
O negócio deste post é, Atlântida, Lemúria e Raças primitivas, continentes e raças que existiram nos primórdios da humanidade, bem como, suas primeiras habitações e descendências.
E então, vamos viajar de volta? Tô nessa!!! rsrsrs


Constelação do Cocheiro - www. google.com.br


No livro intitulado "A caminho da Luz" do autor espiritual Emmanuel, psicografado pelo médium Chico Xavier, é citado um magnífico sol, que nos avizinha, situado em uma constelação denominada Cocheiro distante a mais ou menos 45 anos luz da terra, e consta chamar-se Capela, tendo este, característica de uma estrela nova por conta de sua cor amarelada e devidamente habitada por uma humanidade bastante evoluída.

Privarei os leitores de citações bíblicas para que este post não fique um tanto quanto direcionado, porém, não poderia eu, deixar de falar ao menos de uma, que seria: " Deus, por Jesus Cristo, criou todas as coisas." Efésios 3-9. 

Na realidade a ciência por ignorar locais e datas dos primeiros exemplares humanos, nos leva a crer que do tipo animal mais primitivo, Primata ou Símios, ao Homus Sapiens Sapiens, existiram outros tipos evoluídos, o Homus Erectus - Pitecantropus e Sinantropus - e o Homus Sapiens, porém, uma psicografia de Emmanuel, em 1937, nos reforça a crença de que toda forma de vida na terra, tem como princípio a espiritualidade, e que vem da forma fragmentária à racionalidade, tal qual encontramos em nossos tempos.

A Evolução humana se divide em ciclos, que em seu prosseguimento natural, surgiram as Raças.
1ª Raça-Mãe, originada no astral. A 2ª Raça-Mãe se deu com a encarnação de seres primitivos, que em sucessivas gerações formou então, a 3ª Raça-Mãe e a 4ª também, e a partir da 5ª Raça-Mãe, os seres vindo da Capela puderam reencarnar, contudo, trazendo em suas bagagens espirituais, muito conhecimento, mas pouca evolução moral.

Nesta época a terra não era da forma como vemos hoje, tinha mais dois continentes, o de Atlântida e o de Lemúria. Atlântida ficava situada onde é hoje o Oceano, entre a América e a Africa, daí o nome Oceano Atlântico e Lemúria estava do outro lado, no Pacífico, ao lado da Austrália.
Bem, podemos ver que já existiam as Américas, África, Ásia e Europa, não é? Mas que povos foram formados nestes lugares?


Lemúria, localização - www. google.com.br


Lemúria, que se estendia desde a Polinésia, passando pelas Ilhas de Madagascar e também o Oceano Índico de hoje, completada na parte central da ásia, limitada ao sul pelo Himalaia e ao leste pelo Oceano Pacífico, ainda Indonésia, Belukistão, Pérsia e findando na Região Sub Ártica, deu abrigo a 3ª Raça-Mãe, que foi distribuída da seguinte forma, Rutas, homens de pele escura, precursores dos Aborígenes australianos e Mongóis de pele amarelada.


Atlântida, localização - www. google.com.br


Ilustração da cidade de Atlante, em Atlântida - www. google.com.br

Atlântida, cobria todo atual Oceano Atlântico, desde a parte superior da América do Norte, formando duas extensões, uma em direção à Groelândia e outra em direção ao Oceano Pacífico, para Ásia, deu lugar a povos de pele avermelhada, e também da 3ª Raça-Mãe, mas que serviram como ancestrais para a 4ª Raça-Mãe, e que mais tarde migrou para Ásia.

Além dos Continentes existentes, mais Atlântida e Lemúria, existiu ao Norte do Planeta, um continente Ártico, chamado de Hiperbóreo, no Polo Norte, este continente abrigou os seres da 5ª Raça-Mãe, denominado de Árias.

Constatou-se então, a existência de um chamado Primeiro Continente, Terra dos Deuses, berço da civilização Adâmica, morada do último mortal divino, denominado Adão, este escolhido para ser o primeiro ser, tendo como função representar a semente de toda a humanidade. Trata-se do próprio planeta Capela, de onde vieram os seres banidos e com a promessa de retorno, ao término de seu aprendizado neste planeta.

Nesta minha pesquisa, uma coisa me chamou a atenção, foi a origem das mitologias. Pude ver que os seres mitológicos são os resquícios da memória adâmica, pois, os habitantes planeta Capela, não tinham corpos físicos e sim fluídicos, pela sua elevação espiritual, e eram considerados semi-deuses, e por esse motivo trouxeram essa identificação no subconsciente, disseminado assim os seres mitológicos.

Bem pessoal espero que tenham gostado, realizei essa pequena pesquisa em alguns lugares, porém, usei como base o livros "Exilados de Capela" de Edgard Armond, Editora Aliança e "A Caminho da Luz" de Emmanuel, psicografado por Chico Xavier, Editora FEB.
Leiam esses e outros, vale a pena.

Aos que se fazem simpáticos ao espiritualismo, constatarão em outras obras psicografadas, muito mais coisas sobre esse assunto, e aos que não simpatizam tanto, resta esperar que a ciência comprove mais tarde, o que a espiritualidade nos dá com a maior boa vontade, todos os dias de nossa vidas, informações preciosas para que alcancemos a luz do saber e a luminosidade interna, para então distribuirmos, quando possível, aos que nos solicitam.

Beijo grande e fiquem com Deus sempre.

Beto Ribeiro

5 comentários:

Libia disse...

Olá meu irmão!!

Estava no aguardo desse post e ficou muito bom.
Parabéns pelo trabalho bem feito.

Beijão!!

Luiz Eduardo disse...

Muito bom, pense em aprofundar um pouco mais e transforme isso em uma palestra, kkkkkk
Bjs no coração.

Anônimo disse...

Desculpe meu irmão! mais essas informações não estão no A Caminho da Luz de Emmanuel.

Você complementou essas informações com outra obra que não foi citada...

Beto Ribeiro disse...

Olá irmão anônimo!

Bem, as informações passadas aqui, não são retiradas exclusivamente do livro que citei, até porque não as copiei, li outros livros e fiz uma síntese do que foram as raças e onde elas se localizaram.
Observo também que se lesse todo o post com atenção, entenderia que citei "Os exilados da Capela", como fonte de informação.
Gostaria muito que me mandasse um e-mail para trocarmos informações, e aí eu poder passar algo mais detalhado, sobre sua sugestão ou descontentamento.
Relerei o "A caminho da luz, e colocarei em um novo post, os parágrafos aos quais me referi, - acho que somente o primeiro - com as informações de Emmanuel, a respeito da Raça Adâmica, e outras mais, relevantes ao post.

Um grande abraço e fique com Deus

Valeu pelo comentário, e muito obrigado.

Beto Ribeiro

aniruaz claudia disse...

Oi amigo beto! Seu trabalho está maravilhoso. É sempre uma grande alegria visitar O Ermitão ele fala bem fundo na minha alma. Não sei o que é, mas tem algo aqui que me leva pra muito longe num lugar tranquilo e relaxante. Parabéns grande abraço.